Você está aqui
Principal > Dicas > Dicas de como como comprar um bom Notebook

Dicas de como como comprar um bom Notebook

Saiba Comprar trazendo mais um artigo sobre tecnologia, porém desta vez para te auxiliar a comprar um bom notebook e evitar perder tempo ou cair nas mãos do vendedor “malandrilson”!

Neste artigo não falaremos sobre processadores ou modelos específicos de máquinas, a intenção é ensinar você a comprar o melhor notebook para o seu uso, por isso vale apena ler antes de tomar decisões de compra.

“Dual core, 1 giga de memória, Hd de 500GB, excelente notebook da marca joinha”
Uma excelente máquina no anuncio não é ? Notebook de ultima geração não é ?
Só que não! Isso mesmo, você corre o risco de chegar neste lugar e se deparar com a seguinte máquina: Pentium Dual Core de 1.6ghz com Memórias DDr2, e um HD de 500GB ponta de estoque que lhe deixará na mão a qualquer instante.

Mas então como eu compro uma máquina boa sem cair em uma fria ?

Conheça um pouco sobre Informática

Poxa, mas é chato, pra que eu preciso saber mesmo isso ?

Se você ainda se faz essa pergunta acima, está na hora de rever seus conceitos, pois, na hora de comprar um bom Notebook é Necessário saber ao menos o essencial.

Para escolher um bom notebook você precisa conhecer primeiramente quem são as marcas de confiança para não cair em papo de vendedor querendo desovar estoque, por isso antes de comprar sempre pesquise quem naquele momento está fornecendo máquinas confiáveis e de boa qualidade.

Além do mais, se você quer comprar um bom Notebook também precisa conhecer um pouco sobre seus componentes básicos, pode parecer chato, mas acredite, isso vai lhe poupar dores de cabeça e dinheiro jogado fora.

Primeiro precisamos entender os componentes básicos da configuração: Processador (CPU), Placa de Vídeo (GPU), Memória RAM e HD, abaixo explicaremos melhor cada um.

Processador (CPU)

Quando você vê no anuncio alguém falando: Quad Core, Dual Core, Octa Core, normalmente esta característica é do processador e a quantidade de núcleos que ele possui, ou seja, se formos analisar, quantas “cabeças” estão pensando ao mesmo tempo: 1, 2, 4, ou 8, e aí você fala: “Quanto mais núcleos melhor?”

Mas o que é CPU?

CPU vem do Inglês: Central Processing Unit, ou Unidade Central de processamento, ou seja, o “cara” responsável pelos principais cálculos que serão executados por seu notebook.

Um microprocessador (ou processador), escolha com sabedoria, pois ele pode ser “herói” ou o “vilão” na performance do Notebook.

Correto, quanto mais núcleos o processador do Notebook tiver, mais rápido ele tende a ser, porém isso não é um fator predominante na hora da compra, mas já é um primeiro passo, você também deve ver a velocidade do processador que é medida em GHZ, por exemplo: Dual Core 1.6ghz ou seja, dois núcleos cada um com 1.6ghz de frequência (ou velocidade), a grosso modo são dois fatores dominantes.

Modelo do Processador

Como sabemos existem vários modelos de processador no mercado, e você deve ficar muito atento a isso na hora de comprar seu notebook.

Entre os processadores existem modelos de entrada, os para um uso mais básico, e processadores que suportam maior velocidade, com alguns minutos de Google você será capaz de saber a que tipo de uso se destina o processador do notebook que você quer comprar.

Se o seu intuito é um notebook apenas para navegação na internet e pequenas tarefas e alguns trablhos de faculdade (cursos que não demandam de tarefas gráficas), um processador de entrada pode lhe caber bem, porém se o seu uso será dia a dia, mesmo que seja um escritório com tarefas relativamente simples o ideal é procurar os processadores chamados “mid end”, que são os que possuem uma performance intermediária.  Porém se o seu uso será para coisas que demandarão de 3D(CAD, ou mesmo jogos) o processador é determinante, pois boa parte das renderizações e calculos pesados são realizados por ele.

Memória RAM

Um dos fatores determinantes na performance do notebook e que determinará boa parte de sua performance ao longo o uso é a memória RAM, a grosso modo podemos dizer que esta é responsável por alocar os programas executados, por isso muitos anúncios às vezes omitem pois a quantidade é pequena, então quando você ver: 2gb, 3gb, 4gb, 8gb em “Memória” ou “Memory” dependendo da linguagem que estiver o adesivo da carcaça do Notebook, estamos falando justamente da Memória RAM.

Memórias RAM vistas fora da Placa Mãe do Notebook.

Ou seja, quanto mais memória RAM, melhor, correto? Sim e não, pois se o seu processador não conseguir “acompanhar” os programas executados , ou seja, esses dois são dependentes diretamente um do outro.

HD (Disco Rígido)

O HD em um Notebook é uma das partes mais importantes, pois é nele que serão armazenados os arquivos, mas ao contrário do que se pensa, nem sempre ter um HD muito grande é benéfico para o computador.

Isso mesmo, um HD Grande em um notebook é útil mara armazenar o máximo de informações possíveis em um só local, porém quanto mais arquivos e programas você tiver em seu disco mais tempo seu computador demorará para iniciar e executar, por isso se o seu notebook for pensado em alta performance pense 2x em HDs muito grandes ou caso venha evite deixar ele muito cheio. 

Um disco rígio (HD) de Notebook aberto, por conta desse disco metálico que armazena as informações com magnetismo ele recebe este nome.

Notebook com SSD

Uma boa opção também para quem não se preocupa tanto com espaço mas busca uma melhor performance nos carregamentos, renderizações e etc, pode ser o uso de SSDs.

Se você quer saber mais sobre SSD veja este artigo: Vale apena comprar um disco SSD?

Placa de Vídeo (GPU)

Por que a Placa de Vídeo do Notebook foi deixada como ultima característica?

A resposta é simples, pois normalmente a procura por um notebook a principio é pela mobilidade, facilidade e uso em locais com pouco espaço, se você não se encaixa em nenhuma dessas três características e busca uma máquina de alta performance para jogos ou renderização em 3D é altamente recomendável um Computador de Mesa, pois além de esquentarem menos, possuem mais opções de hardware de alta performance.

Agora se no seu caso existe uma real necessidade de um notebook com: mobilidade ou local com pouco espaço, mas ainda sim necessita trabalhar com gráficos pesados, 3D, ou vai jogar é altamente recomendável que você compre uma máquina que venha com uma boa placa de vídeo, por mais tentador que pareça ter um notebook com o melhor processador mas com uma placa de vídeo integrada ao invés de um mid-end com uma boa placa de vídeo, opte pela placa de vídeo.

Placas de vídeo integradas além de utilizarem a memória do seu computador como a memória delas costumam ter uma performance reduzida e utilizar muitos recursos do processador. 

Mas como escolher uma boa placa de vídeo para meu Notebook?

Placa de vídeo é uma tarefa simples, existem dois grandes fabricantes do Mercado, Nvidia e AMD ATI, a maior recomendação neste caso é uma analise do modelo em sim procure saber se é de uma geração anterior ou da mesma geração do seu Notebook, pois isso pode lhe evitar ficar com uma placa de vídeo “manca” que não acompanhe as memórias ou a capacidade de processamento da sua máquina.

Conclusão de como escolher um bom notebook

Analise sempre sua necessidade e o que você realmente vai precisar, evite economia boba, procure um fabricante confiável, e a máquina que atenderá suas necessidades, pois comprar uma máquina abaixo do que você realmente precisa pode representar ter que comprar um Notebook novo muito cedo, o que pode transformar um investimento em gasto.

Vinicius Sartori
Publicitário, especialista em marketing digital, que nas horas vagas ama falar sobre tecnologia.
Top